Ajude Robert

Mantenha viva sua esperança de voltar a enxergar

Depois do ocorrido, estudante passou por uma cirurgia no Hospital Souza Aguiar, no domingo (07/06), entretanto o procedimento não foi suficiente para reverter o quadro. Os médicos optaram por não retirar o fragmento que ficou alojado.

A Luta pela Paz conta com todos os amigos e parceiros da organização para ajudar Robert e sua família a arcar com o tratamento médico que ainda precisa ser feito. 

“Não estava acontecendo troca de tiro no momento que os militares atiraram. As câmeras dos capacetes deles, que filmam as ações, podem mostrar isso. Não sabemos porque os tiros foram dados. A visão é uma das coisas mais importantes que a pessoa pode ter e isso vai me prejudicar bastante, ainda mais no boxe. Pretendo continuar a treinar, mas não vou poder mais participar de competições. Meu sonho era lutar, competir, e ver minha família me assistir lutar”, contou Robert Mota.

Faça seu comentário

Compartilhe

Somente com o seu apoio, compartilhando a campanha o nosso sonho será realizado. É muito simples compartilhar esta campanha e convidar amigos e conhecidos para participarem. Compartilhe nas redes sociais, afinal a campanha é sua também. Participe! Contamos com você!

Robert Mota, de 17 anos, aluno de boxe da Luta pela Paz, teve o olho atingido por estilhaços, no último sábado (06/06), na comunidade Baixa do Sapateiro (Complexo da Maré, Rio de Janeiro), durante conflito armado envolvendo militares da Força de Pacificação. O jovem trabalhava no bar da família quando aconteceram os disparos. O diagnóstico até o momento é de perda a visão do olho direito. Segundo os médicos o quadro ainda é instável. Somente após exames e observando a evolução do caso será possível afirmar se a perda da visão será definitiva, parcial ou reversível. A família agora precisa do seu apoio para poder arcar com os custos médicos e investir numa possível recuperação.

5%
  • Doado R$ 500,00

  • Meta R$ 10.000,00

Luta pela Paz

A Luta pela Paz utiliza boxe e artes marciais combinados com educação e desenvolvimento pessoal para desenvolver o potencial de jovens em comunidades que sofrem com o crime e violência

Doe agora